Leitores Online

24 de abr de 2016

A Verdade sobre Deus e satanás


Os livros religiosos que se dizem sagrados em todas as religiões falam de Deus e Satanás como pessoas quando na verdade não são humanos e sim, vibrações de uma energia cósmica inteligente, invisível, universal, (onipresente, onipotente, onisciente), essas energias envolve o ser humano através do seu desenvolvimento corporal e de associações de ideias inteligentes (cérebro) através do tempo dando ao homem a dualidade do bem e do mal.

Deus essa energia cósmica que criou todo o Universo colocou na sua criação não o mal, mais a justiça, e deu ao homem o livre arbítrio para caminhar na estrada do bem ou do mal e receber a justa paga de toda sua escolha. Quem semeia ventos colhe tempestades; quem planta colhe.

O homem nas escrituras fala de Deus e Satanás como dois seres humanos, é muita ousadia do homem querer falar dessa história como se lá já estivesse antes mesmo de sua criação e vendo tudo acontecer no Paraíso entre o bem e o mal, o homem está querendo ser mais do que o Criador, está querendo ser o próprio Deus.

O Deus e o Satanás estão intrinsicamente ligados na alma humana como um DNA cabendo a cada um em determinado tempo liberar no decorrer da vida o bem ou o mal, aí sim, se o homem se torna boa é a imagem de um santo e se torna má é a imagem do demônio, ambos estão dentro de nós enjaulados em nosso EGO, o homem é que escolhe a chave para soltar essa grande força interior. 

O homem tem o Deus e o Satanás na sua consciência que o pune ou o absolve de suas ações boas ou más, são as lutas interiores e de consciências.

Deus criou o planeta Terra e deu ao homem um paraíso, mas com o decorrer dos tempos essa humanidade está escolhendo o caminho do mal e se tornando em suas ações o próprio Satanás e a Terra num inferno. Se a humanidade mudar as suas ações e se tornarem criaturas de natureza boas aí sim, haverá o Paraíso Terrestre e os homens se tornarão criaturas iluminadas. Até agora, as ações do homem tem sido na encarnação de Satanás, e não adianta transferir a sua maldade para uma figura humanizada de Satanás, pois Satanás não existe, o que existe é a maldade liberada de cada ser humano através do livre arbítrio. As religiões procuraram botar os seus erros e culpas na fantasiosa imagem de um ser diabólico, quando diabólico mesmo é o próprio homem. 

Nesses livros há muitas fantasias e estórias de moral, civismo, heroísmo, filosofias, premunições etc. Foram elaboradas para conter o mal que a humanidade já estava soltando os seus demônios na Terra, mas, não produziu o efeito desejado ao contrário foram manipulados por grupos políticos que fizeram a lavagem cerebral nos fieis e encaminharam para o mal em nome de Deus, é o caso das Cruzadas, do Estado Islâmico, e muitas outras guerras, verdadeira barbárie, etc.




Por:Ernani Serra
Pensamento: Não bote a culpa em outrem assuma a sua própria culpa.
Ernani Serra