Leitores Online

9 de jan de 2017

Políticos Atuais da Guerrilha no Brasil


Dilma Vana Rousseff ex-guerrilheira no período da Revolução  ou Ditadura Militar se apropriou de um cofre do falecido governador Ademar de Barros em 18/07/1969 numa quantia de 2,5 milhões de dólares para beneficiar os mais pobres, foi uma verdadeira Robin Hood guerrilheira do Brasil e ainda dizem que ela é mui honesta e com ajuda da Fundação Ford criou  uma ONG antiabortiva. Como  uma comunista de carteirinha como foi procurar ajuda da Ford uma multinacional?

É de estranhar que os militares andaram torturando e exterminando os verdadeiros antipatriotas comunistas e deixou passar batidos com vários que se diziam comunistas e até deixou que esses camaradas pedissem asilos políticos no exterior, talvez não fossem realmente comunistas e sim informantes delatores, tanto é de estranhar que esses mesmos camaradas vermelhos tivessem direito pelos militares a uma anistia e todos os direitos constitucionais para serem legíveis no poder político nacional.

Esses camaradas foram agraciados com o beneplácito apadrinhamento dos Partidos Políticos do Brasil e lhes deram poderes de Chefes de Estados.

Todos esses vermelhos que conseguiram chegar ao poder não apresentaram nenhuma política socialista como deveriam e sim, foram todos trabalhando pelo capitalismo e até chegarem ao crime econômico de leiloar e privatizar a Petrobras e a formação de quadrilhas numa corrupção generalizada. Receberam homenagens, títulos de doutor "honoris causa", prêmios, honrarias etc., pelas suas ações em benefício do capitalismo nacional e internacional e também, pela falência total da nação e do país contra o povo brasileiro. Isso deixa uma grande dúvida no ar, foram esses políticos comunistas de verdade ou uma grande farsa que vem enganando a população com certas ações de dar com uma mão e tirar com as duas.

Vemos agora o impeachment de Dilma Rousseff que nasceu depois de nove meses de blá, blá, blá... no Congresso Nacional; e um aborto no Destaque da inabilitação, premiada com o direito a habilitação, os senadores estavam comovidos e não queriam que dessem "Além de queda coice"; foi um conchavo na  lei do Senado que derrubou a Constituição Federal no Ar. 52, isso já vem ocorrendo há algum tempo em que leis ordinárias derrubam as leis constitucionais. Estão rasgando a Constituição Federal do Brasil, isso também mostra o quanto Dilma Rousseff está prestigiada pelo Poder Legislativo (Congresso  Nacional). Tiraram Dilma Rousseff do Poder Presidencial do Executivo, mas, lhes deram o poder de voltar a Presidência da República talvez na próxima eleição. Enquanto o impeachment de Fernando Collor de Melo não teve essas benesses, dois pesos e duas medidas.





Por: Ernani Serra
Pensamento: É dando que se recebe na política do Brasil.
Ernani Serra