Leitores Online

16 de fev de 2017

Imigrantes na História do Brasil


O Brasil já nasceu com o estigma de receber imigrantes de todas as nacionalidades. 

Esses imigrantes chegam ao Brasil puxando uma cachorrinha e em pouco tempo se estabelecem como empresários, fazendeiros, etc. O Brasil é uma mãe para esses imigrantes que saem dos seus países como retirantes sem eira nem beira e se estabelecem, se tornam os senhores desse país anfitrião dos estrangeiros, que propiciam todas as benesses e um protecionismo aos estrangeiros, os coitadinhos, os sofridos, os abandonados pela própria sorte e pelo país de origem.

Esses imigrantes não têm nada de coitadinhos são pessoas que vêm com o intuito de vencer e se instalar definitivamente e transformar aquele legado no seu próprio país de origem. Essas pessoas são mal-agradecidas e não reconhecem a hospitalidade que a nação brasileira lhes concedeu e procura transformar o Brasil num protótipo de sua pátria conservando os usos e costumes, idiomas, cultura, nacionalismo, etc. do seu país de origem, e desprezam o Brasil que os acolheu e lhes deus a mão. 

O pior de tudo são os filhos desses imigrantes que nascem no Brasil e são educados para amarem a sua pátria que os desprezaram e nada fizeram por eles, desprezando o Brasil com certo desdém. Tanto é que, os filhos nascidos no Brasil desses imigrantes se orgulham do seu sobrenome estrangeiro e falam com orgulho de sua pátria, do seu sobrenome de família estrangeira. Quando alguém lhes pergunta sobre sua nacionalidade, eles dizem com muito orgulho, sou descendente de: alemães, italianos, judeus, japoneses, etc. mais nunca se orgulham de dizer que são brasileiros, eles só são brasileiros por relacionamento de conveniência.

Esses imigrantes só trazem problemas para o país que os acolhem, tomam o lugar do profissional nativo, tomam as terras, se estabelecem no comércio e indústria e prejudicam com a concorrência, tomam o poder político, jurídico, etc., e governam a favor de seus países quando alcançam o poder político, prejudicando o país anfitrião e ainda falam mal do país que os acolheram. Os imigrantes não deveriam ter saído de seus países amados. Depois que eles se instalam nos países fazem lobby em repartições, comércio, mídia, política, etc., para admitirem somente pessoas de sobrenome estrangeira e pessoas de suas famílias com o intuito de dominar o poder político, o país e a nação.







Por: Ernani Serra 
Pensamento: O país que abre as suas portas para imigrantes está fechando as oportunidades dos seus próprios descendentes nativos.
Ernani Serra