Leitores Online

6 de abr de 2017

Morreu Fidel Castro


Para uns foi um grande líder cubano e para outros não passou de um grande criminoso, principalmente aqueles cubanos que tiveram os seus parentes fuzilados ou fugiram para os Estados Unidos. Foi um ditador cruel que matou muita gente e não teve nenhum remorso.   Como todos os ditadores foram e continuam sendo bandidos sem escrúpulos e que, só pensam no enriquecimento próprio deixando a nação na miséria social.

Foi um revolucionário que derrubou uma ditadura de direita de Fulgêncio Batista Zaldivar e criou uma outra ditadura comunista entreguista em favor da URSS. Saiu do capitalismo e caiu nas mãos dos comunistas da União Soviética. Trocou seis por meia dúzia. 

Fidel Castro quando venceu a revolução prometeu aos cubanos liberdade e só deu opressão ao povo e perseguição aos intelectuais.

Cuba saiu do imperialismo Yank e caiu no imperialismo Soviético e, Fidel governou como um carrapato pregado no dorso e dependente dos interesses soviéticos, que sustentaram por alguns anos aquele tirano sem patriotismo. 

O povo quando apoiou Fidel Castro pensou que ia ter mais liberdade e independência política, mas foi ao contrário, os Estados Unidos pressionaram Cuba e Fidel abandonou o nacionalismo e foi procurar amparo no comunismo.

Fidel Castro usou da força do seu poder e da política de terror para sufocar a oposição que não desejava sair de uma ditadura capitalista e entrar em outra socialista. 

O comunismo da URSS é um regime tão bom que nem os soviéticos sentiram saudade quando o império caiu em desgraça.

Esse regime comunista fala em socialismo mas governa com mão de ferro como todos os ditadores cruéis. No início do comunismo pregavam a igualdade aos soviéticos, mas com o tempo mudou tudo, os soviéticos estavam usando a mesma fórmula dos capitalistas e escravizando o seu povo como no início do império Russo pelo tzar ou czar. 

Essa humanidade é que se engana com esses regimes capitalistas e soviéticos que fazem a propaganda de bonzinhos, mas, na verdade, não passam de exploradores e exterminadores do povo, que só pensam em si mesmos, prometem mundos e fundos e não cumprem com suas palavras vãs.

Com a queda do império da URSS a ilha de Cuba caiu em desgraça perdendo todas as benesses do regime comunista que financiava, não por amor e sim, por estratégia que a ilha oferecia a União Soviética ao se encontrar próximo dos Estados Unidos que na época era o seu inimigo número 1.   

Quando o regime comunista soviético caiu, o governo cubano entrou no isolamento político e o seu povo passou fome e necessidades, mas, como sempre, o ditador Fidel Castro e sua família continuou a explorar o povo cubano e não passou necessidade ao contrário, teve uma vida de luxo e fartura. O povo é que viveu no aperto, sem desenvolvimento, sem economia, sem trabalho e dinheiro... marcando passo no tempo e no espaço.

Fidel viveu na idolatria de comunistas-idealistas em outros países subdesenvolvidos em que, ninguém viveu o regime comunista, mas, vivia das propagandas das mídias que idolatravam o regime da URSS querendo impor aos seus regimes capitalistas um novo regime comunista falido. O regime comunista é tão bom que, ninguém quer ir morar em Cuba, na Coréia do Norte, na China etc., quando há repressão nesses países subdesenvolvidos de terceiro mundo os líderes dessa utópica divisão de bens em comum, se refugiam em países capitalistas do primeiro mundo, o comunismo não é tão bom? Por que não vão para os países comunistas? 

O líder brasileiro Luiz Carlos Prestes quando perseguido pelos militares foi se refugiar na União Soviética só vindo ao Brasil quando foi anistiado. Foi o único brasileiro comunista fanático que pediu asilo aos soviéticos, depois dele, só os comunistas de meia tigela e enganadores do povo que se refugiaram em países capitalistas, porque estavam sendo financiados pelos regimes capitalistas para descobrir os verdadeiros líderes comunistas-fanáticos e eliminá-los na repressão militar.

Fidel Castro foi perseguido por todo o mundo enquanto estava vivo, agora que morreu, o mundo inteiro fala bem do finado. Quem não é nacionalista é bandido, traidor da pátria. Quem quiser ser bom é só morrer.






Por: Ernani Serra 
Pensamento: O verdadeiro líder é aquele que não é nem da direita e nem da esquerda e sim, do centro nacionalista. Os que defendem o seu povo e a sua Pátria.
Ernani Serra