Leitores Online

28 de mai de 2017

Riquezas do Brasil Pirateadas


É uma vergonha para os brasileiros que são iludidos por esses políticos marginais que só legislam em causa própria em favor dos seus interesses escusos e imorais.

O Brasil poderia ser o país de primeiro mundo e até mais importante e poderoso do que todos os países da globalização, mas infelizmente, só tem políticos corruptos e imbecis que preferem entregar todas as nossas jazidas do solo e subsolo aos estrangeiros a troco de propinas, e é por isso, que estamos nessa situação crítica, enquanto isso, as nossas riquezas estão sendo escoadas o mais rápido possível para países que nunca tiveram riquezas e estão cheios de pedras preciosas e ouro as custas desses políticos traidores da pátria que vendem o que não pertencem a esses testa-de-ferro da política, estão entregando tudo aos piratas internacionais. As riquezas do Brasil pertencem ao povo e deve ser tida como prioridade ao desenvolvimento do país e de segurança nacional. 

O que mais me intriga é que, as Forças Armadas que tanto defendem a pátria e alardeiam o seu nacionalismo ao Brasil estão sendo omisso e deixando que a cada dia o povo brasileiro se torne mais pobre e miserável, isso é conivência com a corrupção política que já minou a consciência desses militares que não estão nem aí para a nação e nem para o país. Que explodam o Brasil! Que venham outras etnias para dominar esse país bobão. Parece que já está no DNA dos brasileiros a preguiça de trabalhar e lutar pelo seu país; e todas as reivindicações populares são para entregar essa mina de ouro que é o Brasil aos países estrangeiros sejam comunistas ou capitalistas, o que não querem é que essas riquezas sejam exploradas e investidas dentro desse Brasil Bobão. Não querem a independência do Brasil querem que esse povo continue como escravos que sempre foram no passado e no presente. Como anfitrião o Brasil está acolhendo tudo o que não presta de imigrantes aumentando a crise social, econômica, financeira, trabalhista, desse povo também imbecil que não tem a capacidade de enxergar um palmo além do seu nariz. Povo marionete e boneco dos interesses políticos que manipulam as massas a seu bel prazer. 

Até hoje, nenhum político fez uma PEC ou Lei que defendesse as riquezas do país e que, essas riquezas quando descobertas teriam que passar pelo crivo do Estado para que avaliassem as gemas e pudessem colocar em leilões internacionais recebendo dessas gemas os valores reais como impostos para os cofres da União, e não, entregando a setores privados (cooperativas) que vendem a preço de banana a algum testa-de-ferro que vai revender aos capitalistas do primeiro mundo e o governo não vê a cor dessa transação ilegal, criminosa, no contrabando que as próprias leis brasileiras estão legalizando para saírem do país sem pagar nem um centavo. Por conta disso é que, não temos nem um grama de ouro para fazer um Lastro-Ouro para o Brasil. O país nada em ouro e a nação nada na lama da corrupção.

Já é a segunda pedra gigante de Esmeralda que o Brasil perde em plena crise financeira, sem falar nas toneladas de pedras que já foram surrupiadas ilegalmente por grupos piratas e também de toneladas de ouro que o Brasil perdeu sem sequer ver a cor dessas transações criminosas, e o Nióbio? É outra riqueza que está saindo clandestinamente e secretamente para os países internacionais. O nosso povo é como os cordeiros e os bois que vão para o matadouro de cabeça baixa para serem sacrificados e ninguém aparece para defender esse povo analfabeto-político que têm leis, políticos, militares, que não se pronunciam e nem defendem a nação brasileira. Será que acabaram com a safra de oficiais patriotas? Bando de covardes e traidores da Pátria que estão deixando o povo a beira de um precipício para serem exterminados quando tínhamos tudo para sermos uma grande nação e um grande país. É vergonhoso o que vemos, as nossas riquezas saindo sem nenhum grito para salvar essa boiada desgarrada.









Por: Ernani Serra
Pensamento: País desgovernado é como uma nave sem piloto, vai direto para os abrolhos ou icebergs.
Ernani Serra