Leitores Online

19 de jul de 2017

Traição e Mercenarismo


A Presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) senadora Gleisi Hoffmann, manifestou o apoio petista ao presidente da Venezuela Nicolás Maduro e seus outros representantes de suas ideologias políticas na América do Sul.

A Venezuela vem matando o seu povo de fome e sede, pois, nesse país o mercado está desabastecido e falido por causa de uma política mercenária que vem enganando o povo se dizendo populista ou de esquerda, mas, na verdade não passam de traidores e mercenários de sua pátria.   Estão vendendo as riquezas do país e obedecendo as ordens do FMI que regula tudo e todos na Venezuela. Todos passam fome, menos o presidente Nicolás Maduro e todos os seus aliados. 

A Venezuela está comprometida pelos financiamentos com o capitalismo norte-americano através da rede bancária internacional. Quem compra os barris de petróleos da companhia venezuelana é os EUA, portanto, a Venezuela está comprometida com os gringos. Essa crise na Venezuela está ligada a corrupção dos governantes mercenários que se dizem socialistas, comunistas..., mas, na verdade não têm nenhuma ideologia política são simplesmente mercenários, legislam em causa própria. Falam dos EUA, mas fazem negócios e vivem as custas desse país capitalista do primeiro mundo. 

O presidente da Venezuela está para fazer uma lei que está desagradando o presidente dos EUA que já está fazendo pressões e impondo sansões contra a Venezuela.

As Forças Armadas da Venezuela não dão um golpe no governo de Nicolás Maduro porque está apoiando essa situação de extermínio do povo venezuelano por ordens de países do primeiro mundo, se os EUA autorizassem um golpe na Venezuela então esses militares dariam de imediato, mas como são mercenários e capachos dos capitalistas, junto com os políticos, não fazem nada em defesa do povo massacrado. 

Nicolás Maduro está vendo o seu povo morrendo de fome e não faz nada em benefício desse povo, prefere que o povo morra do que passar um calote nos banqueiros internacionais.

Os banqueiros internacionais conseguiram se infiltrar nos países sul-americanos com o propósito de comprar os políticos e transformar todos em mercenários. 

O Brasil está ficando a imagem da Venezuela. O Brasil com esses políticos corruptos mercenários está ficando o clone da Venezuela. Copiaram a crise da Venezuela e implantaram no Brasil, porque, o que a Venezuela e o Brasil estão passando não é crise, é um complô, um conchavo entre os políticos, os banqueiros internacionais e os países do primeiro mundo. Os políticos fizeram a crise e debitaram na conta do povo brasileiro que vai pagar com juros compostos o preço da bandalheira dos governantes mercenários, corruptos e traidores, enquanto isso, os políticos não sabem o que é crise, estão esbanjando e distribuindo dinheiro a torta e a direita, vivendo como marajás e puxando a corda no pescoço do povo.

O povo é que um bando de idiotas que vivem sendo hipnotizados pelas lavagens cerebrais das retóricas desses políticos mercenários e venais.

Os governantes anteriores que se diziam populistas, socialistas ou comunistas estavam camuflando as suas verdadeiras intenções, agora chegou o governante atual (Temer) que era da mesma saca de farinha dos anteriores, deixou cair a máscara e se mostrou como verdadeiros mercenários que são, e que, estão contra o povo e a favor dos grandes empresários, da política internacional e dos banqueiros estrangeiros.






Por: Ernani Serra
Pensamento: Galinheiro aberto raposas fartas.
Ernani Serra