Leitores Online

1 de jan de 2018

Análoga a Escravidão


O Salário Mínimo é uma chaga ao poder aquisitivo do trabalhador, é análoga a escravidão porque os trabalhadores estão no mesmo patamar do Século passado em que os negros escravos trabalhavam só pela comida, é o que está acontecendo no Brasil com o Salário Mínimo degradante que não dá nem para comer e ainda o governo se dá ao luxo de retirar desse miserável Salário Mínimo a importância de R$ 10,00 por cada trabalhador que gerou aos cofres públicos uma economia de R$ 3 bilhões nas costas dos miseráveis trabalhadores brasileiros para diminuir o rombo orçamentário da União, apesar de ser inconstitucional esse assalto ao bolso do trabalhador, pois a Constituição Federal não permite que se retire ou diminua os salários, mas fizeram leis que prejudicam os trabalhadores da seguinte maneira: O salário mínimo no Brasil é reajustado de acordo com a variação do PIB de dois anos antes [que em 2016 teve queda de 3,6%, portanto não incrementa o salário], mais o Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC), que pode fechar o ano com alta de 4,2%. Inicialmente, porém, a expectativa do Governo era de uma inflação de 4,5%. Mas a recuperação lenta da economia e o desemprego ainda em alta têm mantido o consumidor reticente na hora de fazer compras o que faz os preços caírem.

Infelizmente, as leis para o povo e para o trabalhador são sempre para prejudicar enquanto as leis para os políticos são sempre para beneficiar.

Agora, vem o Michel Temer com um reajuste de R$ 969,00 para R$ 979,00 no Salário Mínimo, dando um aumento de R$ 17,00 para 2018, para esses políticos insensíveis e desumanos aumentar um salário de miséria é grande coisa, como se os trabalhadores não tivessem necessidades iguais aos dos políticos, enquanto isso, esses políticos estão transgredindo a Constituição Federal no seguinte teor: Art. 6º

São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 90, de 2015). Será que esse Salário Mínimo dá para manter os direitos constitucionais supracitados dos trabalhadores?
Enquanto os trabalhadores mal podem sobreviver com insignificante salário que é o mínimo do mínimo, os Três Poderes da República Federativa do Brasil esbanjam dinheiro público a seu bel-prazer e ainda se dá ao luxo de legislarem em causa própria aumentando os seus vencimentos de marajás. 

Esse Salário Mínimo é um salário de Campo de Concentração (Auschwitz na Polônia) que está asfixiando e matando os trabalhadores e o povo brasileiro, depois dizem que no Brasil não existem mais escravidão e nem prisioneiros de guerra que são levados com grilhões as câmaras de gás, desse gás letal, que é o Salário Mínimo. 

Comparem os trabalhadores e os políticos nos links abaixo:








Por: Ernani Serra
Pensamento: O governo esmaga o povo porque esse povo não reage e nem procura os seus direitos constitucionais.
Ernani Serra